© 2011 por Rede Psicoterapias. Todos os direitos reservados.

Please reload

Posts Recentes

Se faz sentir, faz sentido!

August 3, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Disciplinar: O que o CRP faz pelo Psicólogo?

August 3, 2017

 

 

Queridos leitores, já disse para vocês que as funções do CRP são orientar, disciplinar, fiscalizar o exercício da categoria, zelar pelos princípios ético-profissionais e também contribuir para o desenvolvimento da psicologia como ciência e profissão. E o que significa disciplinar?

 

Disciplinar significa submeter à disciplina, ensinar metodicamente, regular. Neste sentido, o CRP disciplina os psicólogos regulamentando normas para o exercício da profissão através de leis, artigos, manuais, guias. A disciplina perpassa por regular os princípios fundamentais da atuação do psicólogo, as responsabilidades dos psicólogos – tanto o que é permitido e o que não é permitido, as infrações respectivas às transgressões a essas normatizações, e ainda disposições gerais também relacionadas ao exercício da categoria.

 

Dessa forma, o CRP fiscaliza se a atuação do profissional está sendo pautada de acordo a essa regulamentação atualizada, logo que essa é mutável com a evolução da psicologia. O intuito do CRPMG é oferecer à categoria a qualidade técnica e ética dos serviços prestados pelos profissionais da psicologia. Mesmo sendo um desafio aos CRPs de orientar, disciplinar e fiscalizar toda demanda que existe.

 

Percebo a importância de termos uma profissão regulamentada e padrões de atuação, mesmo com áreas bastantes diferentes dentro de nossa categoria. Considerando isso, uma reflexão se faz necessária: as crenças de alguns profissionais – “O CRP não faz nada pelos psicólogos”; “O CRP só restringe a categoria”, “O CRP não me ajuda em nada, só cobra” – são uma evidência ou são crenças disfuncionais?

 

Uma provocação que vejo ser fundamental para a mudança da postura da nossa categoria é sobre o que cada um de nós está fazendo para usufruir o que o CRP oferece para o Psicólogo. Você já foi esclarecer alguma dúvida? Você já solicitou apoio ao seu CRP da sua região? Você já presenciou alguma irregularidade e já fez alguma denúncia?

 

Não estou buscando respostas, mas buscar responder essas reflexões pode fazer com que percebamos o que nos cabe relacionado ao CRP. A Psicologia é uma profissão que sempre estará em construção, logo que as pessoas são mutáveis e a nossa cultura se modifica com o passar do tempo. E muito por isso, cada um de nós deve estar preparado para a formação continuada e para as mudanças necessárias.

 

Disse o que o CRP faz, falei das possíveis dificuldades em suas funções, ainda fiz menção a evolução da ciência e profissão da Psicologia, e da necessidade de evoluirmos também, assim como da nossa postura diante das normatizações reguladas pelo CRP estabelecidas. O que vocês acharam? No próximo texto falarei sobre o que podemos e o que não podemos fazer enquanto psicólogos. Até lá!

 

Referência: Código de Ética do Psicólogo

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga